Dia do livro

Eu estava com estas ideias na cabeça faz um bom tempo já, mas quando vi que hoje era o Dia Nacional do Livro, e posso dizer que este tema tem estado muito na minha cabeça, resolvi juntar todas estas ideias em um post só! Então aqui vai um apanhado geral de vários livros que li este ano e que são sensacionais e também um que não li este ano, mas que sempre vale uma folheada!

2015-10-29 006

A natureza das fotografias – Uma introdução

Stephen Shore

Este título e a foto da capa sempre causaram uma curiosidade imensa.Em uma das promoções da Cosac comprei, chegou no dia do meu aniversário, e foi muito melhor do que imaginava! Muito bom para pensar sobre a fotografia, trouxe um número enorme de referências e aprimorou o pensamento de questões formais e de significado. Para comprar aqui

Ao sair para fotografar, o fotógrafo se confronta, fora dos limites controlados de um estúdio, com uma teia complexa de justaposições visuais que se realinham a cada passo. Ele dá um passo e algo que estava oculto se torna possível; dá mais e um objeto no primeiro plano se comprime contra outro no fundo. Dá um passo e a descrição do espaço se torna mais clara; dá outro e essa clareza desaparece.

Pensar com tipos

Ellen Lupton

Não é um livro de fotografia, mas que fotógrafo não é apaixonado por tipos? Já falei dele antes. Para comprar aqui

Contexto e narrativa em fotografia 

Maria Short

Transmitir ideias e contar histórias com fotografias, este livro aborda isto com um milhão de referências, tanto de imagens quanto de citações de outros fotógrafos. Com exercícios, a estrutura dele se assemelha muito a de um curso. Para comprar aqui

Por trás da Imagem – Pesquisa e prática em fotografia

Anna Fox e Natasha Caruana

Este livro fala sobre as chaves para preparar um projeto fotógrafico, segue a mesma linha do anterior pois é da mesma série. Para comprar aqui

Walkscapes O caminhar como prática estética

Francesco Careri

Este livro teve um papel muito importante no projeto fotográfico que estou desenvolvendo, e como estudante de arquitetura eu pirei muito no seu conteúdo, sobre estar no espaço urbano!

Na America do sul, caminhar significa enfrentar muitos medos: medo da cidade, medo do espaço público, medo de infringir as regras, medo de apropriar-se do espaço, medo de ultrapassar barreiras muitas vezes inexistentes e medo dos outros cidadãos. Simplesmente,  o caminhar dá medo e, por isso, não se caminha mais; quem caminha é um sem-teto, um mendigo, um marginal. (…) nunca sair de casa a pé, nunca expor o próprio corpo sem uma coberta, protege-lo dentro de casa ou do carro, sobretudo não sair depois do anoitecer, encerrar-se, (…) Que tipo de cidade poderão produzir essas pessoas que têm medo de caminhar?

Neste projeto temos nos defrontado com tudo isto, estar no espaço público, é sempre um desafio. Para comprar aqui

Erros Fantásticos – O discurso “Faça boa Arte”

Neil Gaiman

Este discurso é lindo, graficamente o livro é lindo, destes de ter sempre por aí, porque ajudam a dar uma força, auto ajuda? E quem não precisa as vezes? O discurso está inteiro aqui. Para comprar aqui (mas eu achei em uma banca de jornal bem mais barato)

Uma pessoa me perguntou recentemente como fazer algo que ela imaginava que seria difícil – no caso gravar um audiolivro-, e eu sugeri que ela fingisse ser alguém capas de fazer. Não fingir que estava fazendo, mas fingir ser alguém capaz de fazer. Ela prendeu essa frase na parede do estúdio e disse que ajudou.

Hot Shots Faça de cada foto a sua melhor

Kevin Meredith

Este foi meu primeiro livro de fotografia, e tenho muito carinho por ele! Aprendi muito de fotografia, de técnica e de composição. Adoro seu tom, adoro como faz a fotografia parecer algo simples, um mundo totalmente possível! Para comprar aqui

E para fechar, e provar que sou a louca dos livros 🙂

Um canal do vimeo com fotolivros para você ver!

Have a nice book para vc ver um montão de livros sem ter que comprar 🙂

link

Robert Frank // The Americans from haveanicebook on Vimeo.

Trailer do documentário do Cara que entende de fazer foto livros (eu não vi ainda)

E uma materia da Zum  de Por que fotolivros são importantes.

E por fim dois desejos (vai que alguém quer saber o que me dar de natal ou de aniversário né)

Luigi Ghirri: Pensar por imagens

Magnum – Contatos

Boas leituras fotográficas 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s